por

Marketing de conteúdo: como utilizá-lo na consultoria para vender mais?

Com o advento da internet, as formas de consumo foram se reinventando gradualmente. À medida que os aparelhos eletrônicos com acesso à rede foram se aprimorando e, concomitantemente, se popularizando, as relações comerciais passaram a migrar (parcial ou completamente) para o meio online.

Em menos de duas décadas, para pesquisar preços e variedade de produtos, o consumidor precisava ir de loja em loja. Hoje, com alguns cliques, ele tem um apanhado muito mais amplo e ágil à sua disposição. Com isso, a concorrência se tornou maior e mais dinâmica.

Porém isso não é necessariamente um problema, uma vez que o comerciante também passou a contar com maiores facilidades e potencial de alcance ao público — as restrições geográficas foram atenuadas e as maneiras de se publicizar remodeladas. Para prosperar no mercado online, é preciso estratégia. Afinal, tão grande quanto a concorrência são as possibilidades de sucesso.

Nesse contexto, um dos maiores aliados do empreendedor é o marketing digital. Anúncios pagos no Google e sites, campanhas em redes sociais, vendas online — essas são algumas das frentes de um bom planejamento estratégico para o ambiente digital. Mas, para além deles, existe o marketing de conteúdo, que tem se mostrado como uma das formas mais eficazes de se estreitar o relacionamento com clientes e vender mais.

Especificamente no ramo de consultorias, o marketing de conteúdo é extremamente eficaz — ele é diretamente determinante para o ranqueamento de resultados no Google, para o fortalecimento de marca e para o sucesso de propagandas nas redes sociais. Na sequência, falaremos disso: o que é o marketing de conteúdo e como consultores podem utilizá-lo para vender mais. Preparado? Vem com a gente!

1. Para que serve o marketing de conteúdo?

O primeiro ponto que o empreendedor contemporâneo precisa compreender é que o consumidor atual é mais bem informado e exigente. A rede apresenta uma infinidade de opções e, para conseguir um destaque entre determinado público, uma marca precisa suscitar credibilidade e competência.

Para conquistar espaço em um determinado nicho de marcado, o empresário precisa, antes de mais nada, conhecer o seu público. Com isso, ele estará apto a desenvolver estratégias para se aproximar do seu público-alvo e convencê-lo a fechar negócio com a sua empresa.

O conceito de persona é fundamental para o marketing de conteúdo. Personas são representações semi-fictícias do perfil de clientes de uma marca, permitindo a elaboração de estratégias eficazes voltadas para os anseios e necessidades desse público.

No marketing de conteúdo, a persona funcionará como uma espécie de norte para a criação de conteúdos (como textos, e-books e vídeos), que responderão dúvidas ou falarão de interesses desse público bem especificado pela definição das suas próprias características.

Em um blog, o consultor reunirá esses conteúdos para atrair visitantes e consolidar seu relacionamento com o cliente, que, em uma estratégia de sucesso, tomará esse meio como uma fonte de autoridade para solucionar suas dúvidas e aprender mais sobre os temas do seu interesse.

2. Quais são as vantagens do marketing de conteúdo para consultores de negócio?

Atualmente, grande parte da captação de clientes de um negócio de consultoria se dá pela internet. Por esse motivo, criar uma estratégia online que se destaque das demais é imprescindível para que um negócio de consultoria prospere — e o marketing de conteúdo é um pilar central para qualquer bom planejamento.

O marketing de conteúdo aproxima o cliente

Ao elaborar uma boa estratégia de marketing de conteúdo, o consultor terá como se relacionar com os clientes durante todo o ciclo de compra e, com isso, minimizar as chances deles optarem por fechar negócio com a concorrência ou de desistirem do negócio em algum momento específico do seu processo de decisão.

Aumenta o engajamento a visibilidade da marca

Consumidores não costumam gostar ou levar a sério marcas que só o procuram para falar de seus produtos ou tentar convencê-los a comprar. Com o marketing de conteúdo, o consultor consegue construir uma relação de proximidade que vai muito além do negócio, se tornando uma referência para seus clientes.

Além disso, uma estratégia bem articulada fomenta a visibilidade de marca dos ambientes que o público-alvo frequenta: seja Google, redes sociais, sites, etc. Ao marcar presença nesses meios, o consultor se aproxima do consumidor e passa a ser lembrado como referência.

As vantagens vão além: quando o cliente é realmente conquistado, ele se torna um aliado na divulgação, recomendando seu trabalho para amigos, conhecidos e familiares. Tudo isso gera impacto direto dos resultados e lucros do negócio.

3. Como o marketing de conteúdo funciona na prática?

Elaborar uma estratégia consistente de marketing de conteúdo é um processo que deve ser constantemente lapidado e corrigido de modo a trazer resultados cada vez melhores. Na prática, podemos sintetizar as principais etapas desse planejamento em quatro, que são:

Determinar a persona

Para dominar um público, você precisa conhecê-lo. Para isso, defina a sua persona a partir de dados, como faixa etária do seu público-alvo, faixa de renda, anseios e dúvidas do seu dia a dia, entre outras informações relevantes.

Traçar a jornada de compra

Após definida a persona, você deverá desenvolver conteúdos específicos para cada fase de compra do seu cliente: a demonstração de interesse pela consultoria, como uma consultoria poderá ajudá-lo na solução dos seus problemas, como encontrar uma boa consultoria, até, enfim, falar sobre os serviços que o seu negócio oferece — a estratégia de marketing de conteúdo criará posts elencando cada uma dessas etapas.

Montar um calendário editorial

Sua estratégia de marketing de conteúdo deve possuir uma frequência de modo a alimentar o relacionamento com a persona, seja duas vezes por semana, semanal, quinzenal, etc. Com isso, o cliente passará a relacionar a sua marca aos conteúdos publicados e terá uma fonte de referência para solucionar suas dúvidas.

Divulgue seus posts

De nada vale criar conteúdos de qualidade, que ajudem o seu público-alvo, se você não criar uma boa divulgação — para que saibam da existência deles e quando são publicados. Por isso, determine estratégias para divulgação via e-mail marketing, redes sociais, anúncios, entre outros. Desse modo, o relacionamento com o cliente e o fortalecimento de marca serão muito mais fortes.

Gostou de aprender um pouco mais sobre marketing de conteúdo para serviços de consultoria? Então compartilhe este texto nas suas redes sociais e ajude seus amigos a também dominarem o assunto!

Artigos Relacionados


Also published on Medium.